publicado por superjogosedicas | Domingo, 23 Novembro , 2008, 05:27




O nome Tom Clancy sempre foi sinônimo de jogos de tiro com estratégia, onde o jogador precisava gerenciar uma equipe anti-terrorista em complexas missões que exigiam muita calma e planejamento. Mas tudo isso vai mudar com seu mais novo projeto, Splinter Cell.Seguindo carreira solo como o Commando de Renegade e Solid Snake, Sam Fischer é um dos proverbiais ´exércitos de um homem só´. Esse agente da NSA, mais especificamente do braço ´black ops´ (operações não reconhecidas pelo governo) Third Echelon, foi treinado com um especialista em infiltração, capaz de neutralizar soldados à distância e penetrar em qualquer instalação militar possível e imaginável - sem deixar nenhuma espécie de rastro.Esse homem invisível oferecerá uma experiência bastante diferente dos demais jogos de Clancy. Claro, Fischer terá de usar todo o seu moderno arsenal para penetrar em diversas bases em países como a Rússia. Visores infra-vermelho, rifles de longa distância… e até equipamento de rapel!A marca registrada do famoso autor está presente no título: a trama promete trazer muita intriga internacional, retratando o cyber-terrorismo, agências secretas e operações sigilosas num universo geopolítico realista altamente detalhado.O agente especial do jogo promete ser ainda mais versátil que o famoso Solid Snake. Algumas das seqüências mostradas exibiam vários truques criativos: Fischer usava óculos infra-vermelhos para ver impressões digitais em teclados de senhas, reprogramava computadores para virar alarmes contra os soldados da base e destruia câmeras à distância com seu rifle. Em outra ocasião, ele descia de rapel por uma parede, e derrubava um guarda com os pés ao entrar em uma alcova.Splinter Cell deve usar a mais moderna versão da engine de Unreal, e já conta com efeitos visuais bastante impressionantes. Alguns dos exemplos exibidos incluiam uma lata de gasolina que, quando perfurada por uma bala, vazava um rastro de gasolina. Aos poucos, o vazamento diminuia… e quando alguém atirava no líquido… BUM! Outro exemplo colocava Fischer passando na frente de um projetor de slides, criando não apenas sombras realistas, mas exibindo a imagem do slide sobre seu corpo.



mais sobre mim
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21

24



arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO